sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Rodadas de Poemas com Mário Quintana



De Mário Quintana
Canção Para Uma Valsa Lenta


Minha vida não foi um romance…
Nunca tive até hoje um segredo.
Se me amar, não digas, que morro
De surpresa… de encanto… de medo…

Minha vida não foi um romance
Minha vida passou por passar
Se não amas, não finjas, que vivo
Esperando um amor para amar.

Minha vida não foi um romance…
Pobre vida… passou sem enredo…
Glória a ti que me enches de vida
De surpresa, de encanto, de medo!

Minha vida não foi um romance…
Ai de mim… Já se ia acabar!

3 comentários:

  1. Ôpa! É o poema lendo minha vida, que também não foi um romance. Obrigado por compartilhar, Gerlane!

    ResponderExcluir

Obrigada por participar deste blog.Volte e comente sempre!!!
Aqui você vai encontrar "Aquele Poema".